COMO ARRUMAR A MALA DE VIAGEM

Viagens a trabalho, participação em feiras e eventos corporativos, passeio de férias e muitas outras necessidades que surgem ao longo do ano deixam uma grande dúvida na cabeça dos viajantes “como devo arrumar a minha mala? ”. Certamente, você já deve ter feito essa pergunta, porque por mais curta que seja a sua estadia em determinado local, sempre haverá milhares de objetos e pertences que deseja carregar consigo, mas que nem sempre é possível por conta do espaço.

A pior coisa que pode acontecer no momento de organizar a sua mala de viagem é ela não fechar, você sentar em cima tentando solucionar esse problema e, infelizmente, ter que abri-la e retirar bagagem. Na melhor das hipóteses, é possível colocar para fora as coisas que não são tão importantes para a viagem, mas se por uma encruzilhada do destino ficar algo essencial, como um convite ou credencial, o que fazer? Calma, não entre em desespero! Esta foi apenas uma suposição do que poderá acontecer se sua mala estiver muito lotada e houver necessidade de esvazia-la, claro que com as dicas que selecionamos nesse artigo você não passará por situações como esta (assim esperamos rsrs).

Arrumando a mala!

A organização tem que ser funcional e deve atender as necessidades de cada pessoa. Quando vemos, por exemplo, dicas de organização não se trata de um manual de instruções, porque nem sempre as mesmas vão servir para todo mundo, mas é uma lista para se ter uma base de como conseguir levar os principais itens na viagem.

Antes de começar a organizar a sua mala de viagem, verifique a previsão do tempo, isso facilitará na escolha das peças de roupa que você levará para o lugar. Outra dica que deve ser levada em consideração antes de qualquer coisa é o tipo de evento em que se está indo: congresso, reunião, feira, workshop, passeio. Suas roupas são escolhidas com base nisso.

Não existe segredo algum para preparar a sua mala, mas existem algumas técnicas e truques para economizar espaço, que é o que a gente precisa:

  • Peças como bermudas, shorts, saias e calças ficam muito bem em um canto só, como o fundo da mala, pois além de deixar a mesma mais organizada, sobra muito mais espaço;
  • Blusas e camisetas vêm em seguida. O ideal é pegar os dois lados dessas peças, dobrando certinho para não amassar, e enrolar bem justinho, fazendo isso não corre o risco de deixar as peças amassarem e ainda economiza bastante espaço na mala;
  • Para quem gosta de levar muitos sapatos, mas não sabe como fazer para proteger as solas, a dica é pegar uma touca de banho descartável e colocar os itens dentro, assim os mesmo não terão contato algum com as peças de roupas nem com a própria mala;
  • Meias e peças íntimas podem ser colocadas dentro dos sapatos, o que deixa muito espaço sobrando na mala, já que são itens pequenos e de fácil manuseio;
  • No espaço vazio do meio, você pode colocar peças como camisas e jaquetas, que são tão essenciais em uma viagem, por mais que não esteja fazendo frio;
  • Uma nécessaire contendo suas principais maquiagens cabe certinho na mala.

O que evitar levar

O espaço na mala já é curto, mas tem sempre aqueles itens que você fica pensando se vale ou não a pena levar para a viagem. O ideal é ficar atento a alguns objetos que não, necessariamente, devem estar na mala como é o caso de shampoo e condicionador. Opte por esses itens em versões multiuso, do tipo shampoo/condicionar. O mesmo vale para hidratante e protetor solar, pois ambos são produtos grande e ocupam determinado espaço que poderia ser melhor aproveitado na mala.

Nunca leve joias e objetos de grande valor, isso acaba chamando a atenção dos ladrões e coloca a sua vida em risco. Por último, e não menos importante, evite carregar embalagens de produtos e caixas grandes, o melhor é colocar os objetos em pequenos sacos selados.

Essas dicas são simples, mas de grande ajuda para quem vai fazer uma viagem, e precisa de um “empurrãozinho” para arrumar a bagagem. O melhor de tudo é que com espaço sobrando na mala é possível trazer lembranças da viagem e evitar transtornos por causa do excesso de peso.